Normas dos Exames de Proficiência: modalidade digital

Normas dos Exames de Proficiência: modalidade digital

kn

 

1. LÍNGUAS ESTRANGEIRAS E PÚBLICO-ALVO

1.1 EM QUAIS IDIOMAS SÃO APLICADOS OS EXAMES

São aplicados exames de proficiência em francês, inglês, italiano e japonês apenas para os candidatos inscritos nos processos seletivos dos programas de pós-graduação da USP (mestrado e doutorado) que dispõem do termo de prestação de serviços com o CIL-FFLCH-USP, para cumprimento dessa finalidade. Para proficiência em espanhol e inglês, os candidatos não precisam estar inscritos nos programas de pós-graduação, porém, devem realizar o exame com a pretensão de inscrever-se no processo seletivo seguinte à data de nossa prova.

1.2 PORTUGUÊS COMO LÍNGUA ESTRANGEIRA

São aplicados exames de proficiência em português como língua estrangeira:

1.2.1 para os candidatos inscritos nos programas de pós-graduação da USP (mestrado e doutorado) que contam com o termo de prestação de serviços, com o CIL-FFLCH-USP para cumprimento dessa finalidade,

1.2.2 para pós-graduandos (com mestrado e doutorado em curso) de programas de pós-graduação da USP que não contam com o termo de prestação de serviços, mas que aceitam o resultado do exame de proficiência do CIL-FFLCH-USP.

OBSERVAÇÕES:

(a) O termo de prestação de serviços é estabelecido entre o CIL-FFLCH-USP e a comissão coordenadora do programa de pós-graduação interessada. Havendo esse termo, o programa de pós-graduação publicará essa informação em seu edital de seleção.

(b) As provas já agendadas pelo programa de pós-graduação, com o termo de prestação de serviços, contam com um edital específico de cada língua, publicado pelo CIL-FFLCH-USP no site http://clinguas.fflch.usp.br/, com todas as informações relativas ao exame de proficiência em questão, a saber: datas do período de inscrição e da realização do exame; procedimentos para a inscrição; procedimentos para a realização da prova e critérios de avaliação e divulgação do resultado.


2. OBJETIVO

2.1 LÍNGUAS ESTRANGEIRAS

Nos exames de proficiência em espanhol, francês, inglês, italiano e japonês, avalia-se a proficiência em leitura dos candidatos ao mestrado e doutorado. Alguns programas de pós-graduação solicitam a avaliação da proficiência em escrita para os candidatos ao doutorado.

2.2 PORTUGUÊS COMO LÍNGUA ESTRANGEIRA

No exame de proficiência em português como língua estrangeira, avalia-se não só a proficiência em leitura e em escrita, mas também a proficiência oral.


3. PERÍODO DE INSCRIÇÃO E DATAS DE REALIZAÇÃO DOS EXAMES DE PROFICIÊNCIA

3.1 CALENDÁRIOS

Para os exames de proficiência em espanhol, francês, inglês, italiano, japonês e Português como língua estrangeira, as datas relativas ao período de inscrição e à realização dos exames são estabelecidas de acordo com o calendário de cada uma das equipes responsáveis pela aplicação dos exames de proficiência, adequado ao calendário do processo seletivo de cada um dos programas de pós-graduação das unidades que possuem o termo de prestação de serviços.

ATENÇÃO - COVID-19

Candidatos a provas de proficiência que tenham perdido a data de inscrição ou de realização da prova por motivo de doença (COVID-19) poderão entrar em contato com a equipe responsável pelo exame e informar sua situação. Pelo caráter excepcional colocado pela pandemia, as solicitações referentes a essa situação serão analisadas pelas respectivas coordenações com o objetivo de encontrar, quando possível, soluções alternativas dentro de seus cronogramas.


4. PROCEDIMENTOS PARA A INSCRIÇÃO

4.1 PARA SE INSCREVER O(A) CANDIDATO(A) DEVE:

Para efetivar sua inscrição para os exames de proficiência em espanhol, francês, inglês, italiano e japonês, o candidato deve:

4.1.1 seguir rigorosamente os procedimentos e prazos de inscrição publicados no edital específico do exame que pretende realizar, publicado pelo Centro Interdepartamental de Línguas na página do idioma de interesse;

4.1.2 preencher o formulário de inscrição online específico para o exame de proficiência que pretende prestar. Esse formulário será disponibilizado na página da equipe de proficiência responsável na data e no horário publicados no edital correspondente ao exame;

4.1.3 após o preenchimento do formulário online, o candidato será direcionado a outra página na qual terá acesso ao boleto bancário para pagamento da taxa de inscrição;

4.1.4 pagar o boleto da taxa em qualquer agência bancária até a data limite indicada. A taxa dos exames de proficiência elaborados pelo Centro Interdepartamental de Línguas é única, ou seja, o valor (R$90,00) é o mesmo para candidatos ao mestrado e ao doutorado. Assim:

- R$90,00 - avaliação compreensão de leitura e produção de textos (neste caso, mediante exigência da unidade especificada no edital) ou apenas produção escrita.

- Não é permitido o pagamento do boleto por meio de cheques.

- Em qualquer circunstância, o valor da taxa de inscrição não será reembolsado nem será considerado para qualquer exame futuro. São abertas exceções para candidatos inscritos em exames suspensos.

4.2 DOCUMENTOS NECESSÁRIOS 

O candidato deve possuir CPF, documento indispensável para realização da inscrição e prova. Caso seja estrangeiro e ainda não possua CPF, clique aqui para saber mais.

4.3 INSCRIÇÃO - PORTUGUÊS COMO LÍNGUA ESTRANGEIRA

Para efetivar sua inscrição para os exames de proficiência em português como língua estrangeira, o candidato deve:

4.3.1 informar-se junto à secretaria de pós-graduação responsável pelo programa em que deseja ingressar se o resultado do exame de proficiência do CIL-FFLCH-USP é aceito para o processo em questão. Observar rigorosamente se o prazo de inscrição para ingresso no programa pretendido é compatível com o prazo de envio do resultado do exame de proficiência pela área de português do Centro Interdepartamental de Línguas, o qual ocorre 15 dias após a realização do exame.

4.3.2 observar rigorosamente o prazo de inscrição para envio do formulário de inscrição (disponível na página de proficiência em português), para o e-mail da equipe responsável pelos exames de proficiência em português (clport@usp);

4.3.3 acusar recebimento do e-mail (com boleto para pagamento em anexo) enviado em resposta a seu pedido de inscrição. 

OBSERVAÇÕES:

(a) O candidato que não seguir rigorosamente os procedimentos e prazos de inscrição (publicados no edital específico do exame que pretende realizar e/ou publicados no site do CIL-FFLCH-USP) não terá sua inscrição efetivada e não poderá realizar o exame.

(b) O contato para informações sobre os exames de proficiência em espanholfrancês, inglês, italiano, japonês e português como língua estrangeira é feito exclusivamente por e-mail para as respectivas equipes de proficiência, cujos endereços encontram-se no final desta página. 


5. REALIZAÇÃO DOS EXAMES DE PROFICIÊNCIA

5.1 DURAÇÃO DOS EXAMES - LÍNGUAS ESTRANGEIRAS

Os exames de proficiência em espanhol, francês, inglês, italiano e japonês têm duração variável (de acordo com o que constar no edital respectivo) e serão realizados através da plataforma MOODLE EXTENSÃO.

5.2 DURAÇÃO DOS EXAMES - PORTUGUÊS COMO LÍNGUA ESTRANGEIRA

Os exames de proficiência em português como língua estrangeira têm duração de 1 hora e 30 minutos (parte escrita) e serão realizados através da plataforma MOODLE EXTENSÂO. Excepcionalmente, devido ao momento de crise sanitária e pandemia, a parte oral, corrente nos exames presenciais, foi suprimida.

5.3 CADASTRO MOODLE EXTENSÃO

Os inscritos nas provas de proficiência devem fazer seu cadastro no site https://cursosextensao.usp.br/dashboard/  (Alunos USP devem fazer cadastro com Nº USP; alunos que não possuam Nº USP, devem fazer cadastro com o número do CPF). Favor verificar no edital de seu respectivo idioma acerca das instruções para cadastro e do envio do código de convite para cadastros realizados com o CPF.

5.4 REQUISITOS TÉCNICOS

As provas são formatadas em conformidade com os recursos de navegação e edição disponíveis em computador (PC ou notebook). Portanto, o Centro Interdepartamental de Línguas não se responsabiliza pelo uso de outros dispositivos que, eventualmente, gerem problemas de configuração, formatação, limitação de navegação, salvamento de dados etc. Demais requisitos técnicos estarão disponíveis em edital.

5.5 MOTIVOS DE DESCLASSIFICAÇÃO 

Motivos de DESCLASSIFICAÇÃO do candidato:

Uso de dois ou mais logins ao mesmo tempo (o login será permitido em apenas um equipamento eletrônico).

Nos casos de provas que exigem a redação de textos para responder a questões abertas, se forem constatadas respostas idênticas entre dois ou mais candidatos, estes serão desclassificados.

Caso haja demais motivos de desclassificação, estes constarão em edital.


6. ESTRUTURA DOS EXAMES DE PROFICIÊNCIA

6.1 HABILIDADES - ESPANHOL, FRANCÊS, INGLÊS E ITALIANO

Nos exames de proficiência em espanhol, francês, inglês, e italiano, o candidato deve ser capaz de ler e compreender textos na língua estrangeira (geralmente relacionados com a área de conhecimento específica do programa de pós-graduação) e responder questões de múltipla escolha e/ou dissertativas e/ou de tradução (consultar modelos na página da língua de interesse).

6.2 HABILIDADES PARA LÍNGUA JAPONESA 

Nos exames de proficiência em japonês, o candidato deve ser capaz de ler e compreender textos nesse idioma, com temas que variam desde conhecimento geral até textos relacionados com a área do programa de pós-graduação (Língua, Literatura ou Cultura) e responder questões de múltipla escolha.

6.3 HABILIDADES PARA PORTUGUÊS COMO LÍNGUA ESTRANGEIRA

Nos exames de proficiência em português como língua estrangeira, o candidato deve ser capaz de ler e compreender um artigo de interesse geral redigido em português, responder questões abertas de substituição de equivalência de vocabulário, e redigir um texto comentando uma das ideias contempladas no artigo (parte escrita). Na parte oral, deve demonstrar capacidade de manter uma conversa a respeito de sua trajetória acadêmica (consultar modelo de prova na página de português).


7. CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO E DIVULGAÇÃO DO RESULTADO

7.1 PONTUAÇÃO MÍNIMA

Para desempenho satisfatório nos exames, o CIL-FFLCH-USP considera o aproveitamento de, no mínimo, 70% do exame, mas a comissão coordenadora do programa de pós-graduação poderá adotar nota de corte diferenciada, segundo suas próprias especificidades. 

7.2 ENVIO DO RESULTADO

O resultado é enviado por e-mail à comissão coordenadora do programa de pós-graduação pela equipe do Centro Interdepartamental de Línguas responsável pela aplicação do exame. 

7.3 EMISSÃO DE CERTIFICADO

O Centro Interdepartamental de Línguas não emite atestado, certificado, declaração ou qualquer documento aos candidatos, informando sobre os resultados obtidos nas provas. Estes são enviados diretamente às Secretarias de Pós-graduação das unidades.

7.4 DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS

É de responsabilidade da comissão coordenadora do programa de pós-graduação a divulgação do resultado aos candidatos sob forma de conceito (Suficiente ou Insuficiente). O Centro Interdepartamental de Línguas não divulga os resultados e nem disponibiliza a nota para os candidatos.

7.5 MIGRAÇÃO DE RESULTADOS

Como as provas são específicas para os programas de pós-graduação, o Centro Interdepartamental de Línguas não permite a migração dos resultados dos candidatos obtidos nas provas para serem utilizados em outros programas, possuem eles o termo de prestação de serviços com o Centro, ou não.

7.6. VALIDADE DOS RESULTADOS

O resultado do exame é válido por dois anos a partir de quinze dias após a data de sua realização.

OBSERVAÇÕES:

(a) Para os exames de proficiência em espanhol, francês, inglês, italiano, japonês e português como língua estrangeira, não há possibilidade de revisão ou recurso. Somente serão aceitos pedidos de recorreção ou recurso para as respostas dadas às questões dissertativas (quando houver). 

(b) Para os exames de proficiência em português como língua estrangeira, não há possibilidade de recurso para a parte oral. São aceitos pedidos de nova correção apenas para a parte escrita.


8. ISENÇÃO DE TAXA - COMO PROCEDER

8.1 DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA

Candidatos portadores de inscrição no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal poderão solicitar a isenção de pagamento de taxa, mediante a apresentação dos seguintes documentos:

a) Comprovante de inscrição no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal: submeter versão atualizada;

b) Comprovante de desemprego (Carteira Profissional ou Cópia do Seguro Desemprego);

c) Comprovante de renda familiar per capta igual ou inferior a um salário mínimo e meio (valor do salário mínimo federal);

d) Caso seja bolsista, estagiário ou trabalhador autônomo, anexar declaração comprobatória;

e) O candidato deverá enviar o formulário socioeconômico online (clique aqui) com todos os anexos necessários em até 5 dias após o encerramento das inscrições das proficiências; o formulário será analisado e o candidato notificado em até 7 dias úteis. 

Obs 1: Cada candidato terá direito somente a uma isenção por ano, a contar da data do primeiro pedido;

Obs 2: O deferimento do pedido dependerá da análise e aprovação dos documentos enviados.

8.2 DESISTÊNCIA DA PROVA

Caso o candidato (que venha a ter seu pedido deferido) não compareça no dia da prova, não terá direito a uma nova solicitação de isenção no período de dois anos.

8.3 PEDIDOS DE ISENÇÃO DE TAXAS DE CANDIDATOS AO DOUTORADO NO PROGRAMA PIEC

Para pedidos de isenção de taxas de candidatos ao doutorado no Programa PIEC, que exige provas em 2 línguas, a isenção será aplicada a apenas um dos exames, devendo o candidato efetuar o pagamento do boleto correspondente à segunda prova.


Caso deseje acessar o texto "Normas dos Exames de Proficiência: modalidade digital" na íntegra, clique aqui.

 


CONTATOS DAS EQUIPES DE PROFICIÊNCIA

Espanhol  proficesp@usp.br 
Francês proficfran@gmail.com 
Inglês  clprofic@usp.br
Italiano  proficita@usp.br
Japonês   proficjap@usp.br
Português clport@usp.br