A tradução pedagógica como recurso didático- metodológico no ensino de línguas estrangeiras

A tradução pedagógica como recurso didático- metodológico no ensino de línguas estrangeiras

A tradução pedagógica como recurso didático-
metodológico no ensino de línguas estrangeiras

Ministrantes: Profª Drª Maria Cristina Reckziegel Guedes Evangelista

Público Alvo: Alunos de graduação, pós-graduação, pesquisadores e professores de línguas.

Valor USP: Gratuito

Valor Público Externo: Gratuito

Período de Inscrição: 10/09 a 18/09

Vagas: 30 vagas

Local da palestra: Sala  167 do prédio de Letras

Data: 21/09/2018

 

Horário: 10:00 às 12:00

Carga Horária Total: 2 horas 

 

Inscrições  -> clique aqui <-

 

 

1 - Resumo da palestra:

.A utilização da tradução no contexto de ensino de língua estrangeira geralmente

é alvo de críticas, por sua associação com o método Gramática e Tradução (MGT) e porque seu uso foi excluído por grande parte dos métodos e abordagens subsequentes ao MGT. Porém, tais críticas sugerem desconhecimento do que significa “tradução pedagógica” (cf. Alegre 2002; Bohunovski 2011) e das possibilidades de sua inserção como recurso didático- metodológico. A tradução pedagógica vem sendo estudada em inúmeras pesquisas (cf. Ridd 2009; Pym et al. 2013), que apontam que ela pode contribuir para a aprendizagem de língua estrangeira. Neste trabalho, discutiremos o conceito de tradução pedagógica e apresentaremos atividades e exercícios de tradução, partindo das propostas de Atkinson (1987), Murillo (2009) e Laiño (2014), entre outros autores. A tradução pedagógica pode ser utilizada por aprendizes em diferentes níveis de proficiência na língua estrangeira e colabora para o desenvolvimento das habilidades linguísticas, assim como para aprofundar o contato com a cultura dos países em que essa língua é falada .

3 - Bibliografia:

ALEGRE, T. A tradução pedagógica no actual ensino de línguas: o caso do alemão. In:
Actas do 5º Encontro Nacional sobre o Ensino das Línguas Vivas no Ensino Superior,
2002, 11-28. Disponível em: &lt;http://ler.letras.up.pt/uploads/ficheiros/6257.pdf&gt;
Acesso: 18 maio 2018.

 

ATKINSON, D. The mother tongue in the classroom: a neglected resource? ELT J, v. 41,
n. 4, p. 241-247, 1987.

 

BOHUNOVSKI, R. A. tradução no ensino de línguas: vocabulário, gramática, pragmática
ou consciência cultural? Trabalhos em linguística aplicada, Campinas, v. 50, n. 1, 2011.
Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/tla/article/view/864534…; Acesso:
18 maio 2018.

 

LAIÑO, M. J. A tradução pedagógica como estratégia à produção escrita em LE a partir
do gênero publicidade. Tese (Doutorado em Estudos da Tradução). UFSC, Florianópolis,
2014. Disponível em: https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/128637&gt; Acesso:
18 maio 2018.

 

MURILLO, S. M. El uso de la traducción em losprimeros niveles de E/LE. redELE Revista
electrónica de didáctica / español lengua extranjera, n. 17, 2009. Disponível em:
https://dialnet.unirioja.es/ejemplar/241726 &gt; Acesso: 18 maio 2018. 

PYM, A.; GUTIÉRREZ-COLÓN PLANA, M. d. M.; MALMKJAER, K. Translation and language learning: The role of translation in the teaching of languages in the European

Union. A Study. European Commission. 15 July 2013. Disponível em:
http://www.termcoord.eu/wp-content/uploads/2013/08/European_Commission…; Acesso: 18 maio 2018.

 

RIDD, M. Bibliografia de referência sobre Tradução no Ensino e Aprendizagem de
Línguas. Horizontes de Linguística Aplicada, v. 8, n. 2, p. 255-296, 2009. Disponível em: http://periodicos.unb.br/index.php/horizontesla/article/view/2946/0&gt; Acesso: 18
maio 2018.