Graduação Pós-Graduação Pesquisa Extensão Biblioteca Intercâmbios Comunicação A FFLCH  
Skip to Content

Pedagogia por projetos no ensino de língua espanhola: teoria e prática

 Pedagogia por projetos no ensino de língua espanhola: teoria e prática

 

 

Ministrantes: Elaine Gomes Viacek Oliani e Tiago Rodrigues Sbarai

Público Alvo: Estudantes de graduação, pós-graduação e professores de língua espanhola.

Valor USP: Gratuito

Valor Público Externo: Gratuito

Período de Inscrição: 15/10 a 24/10

Vagas: 40 vagas

Local da oficina: Sala 204 do Prédio de Letras - FFLCH - USP

Data de início: 26/10/2018

Data de término: 26/10/2018

Horário: 14:00 às 18:00

Carga Horária Total: 4 horas 

 

Inscrições  -> clique aqui <-

 

 

1 - Programa da oficina:

Na concepção da pedagogia por projetos, vê-se a educação como um processo de construção no qual professor e aluno desempenham papéis ativos no ato de aprender.É preciso considerar que aprender é uma tarefa difícil e complexa que pode se tornar crítica em função das condições pessoais do aluno e do contexto escolar. Para tanto, o educador deve sempre ter uma atitude de reflexão e investigação no cotidiano da sala de aula e usar tudo que estiver ao seu alcance para promover o progresso de seus alunos (FREIRE, 2014).

A proposta deste módulo é, em um primeiro momento, compreender a concepção da pedagogia por projetos dentro do contexto escolar e sua aplicação (BECKER, 1994; SANTOS VENTURA, 2012; HERNANDO CALVO, 2016 ). Entender as etapas de um projeto e as possibilidades de sua execução em diferentes propostas: no trabalho com a literatura, na aprendizagem da língua e seus aspectos gramaticais, nas representações e manifestações culturais de diversos povos, no desenvolvimento da oralidade nas situações do cotidiano, entre outros.

No segundo momento do módulo serão apresentados dois modelos de projetos de ensino da língua espanhola para alunos do Ensino Fundamental que têm o elemento lúdico como pano de fundo (SNYDERS, 1974). Tais projetos serão usados como material de apoio para a atividade que será proposta para o grupo..

2 - Objetivo geral:

Oferecer recursos e repertório teórico e prático aos profissionais de Letras na área de pedagogia de projetos (BECKER, 1994; SANTOS VENTURA, 2012; HERNANDO CALVO, 2016). Este repertório inclui a concepção de projeto dentro do marco teórico apresentado assim como modelos e casos desenvolvidos pelos ministrantes em turmas de Ensino Fundamental I e II.

3 - Bibliografia:

BECKER, F. Modelos Pedagógicos e Modelos Epistemológicos. Educação e Realidade. Porto Alegre, v. 19, n.1, p. 89-96, 1994.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 2014.

HERNANDO CALVO, Alfredo. Viagem à escola do século XXI: assim trabalham os colégios mais inovadores do mundo. São Paulo: Fundação Telefônica Vivo, 2016. Disponível em: http://fundacaotelefonica.org.br/wp-content/uploads/pdfs/04-11-16-viagem-a-escola-do-seculo-xxi2.pdf

LARMER, J., et. MERGENDOLLER, J. R. Gold standard PBL: Essential project design elements. Buck Institute for Education, 2015.

MATTAR, João. Metodologias ativas: para a educação presencial, blended e a distância. São Paulo: Artesanato Educacional, 2017.

MORAN, J.M.. “Mudando a educação com metodologias ativas”. Em: Carlos Alberto de Souza e Ofelia Elisa Torres Morales (orgs.) Convergências Midiáticas, Educação e Cidadania: aproximações jovens. Ponta Grossa: UEPG/PROEX, 2015.   (Mídias Contemporâneas, 2) p. 15-33.Disponivel em: http://www2.eca.usp.br/moran/wp-content/uploads/2013/12/mudando_moran.pdf

SNYDERS, G. Para onde vão as pedagogias não-diretivas? Lisboa, Moraes, 1974.