Graduação Pós-Graduação Pesquisa Extensão Biblioteca Intercâmbios Comunicação A FFLCH  
Skip to Content

Programa do Curso de Conversação e Produção de Texto em Português para Estrangeiros - Nível B

Objetivos:

  • Desenvolver habilidades comunicativas.
  • Adquirir estruturas fonético-fonológicas e lexicais em língua oral e escrita.
  • Adquirir estruturas morfossintáticas em língua oral e escrita.

 

Público-alvo:

Estudantes regularmente matriculados nas unidades da USP, com conhecimento de estruturas gramaticais em português e sem conhecimento de estruturas gramaticais em espanhol, que já estão se desenvolvendo nas habilidades de recepção e produção de textos orais (predominantemente falantes de alemão, francês, inglês, italiano e outras línguas indo-europeias).

 

Estratégias:

  • Produção oral individual ou em grupo, acompanhada de sistematização de conteúdo por parte do professor.
  • Produção escrita individual e exercícios de gramática aplicada.

 

Avaliação:

  • Apresentação oral individual: 6,0
  • Exercícios de produção escrita: 2,0
  • Participação em aula (aferida pelo número de presenças): 2,0

 

Bibliografia:

1. Gramática

  • CUNHA,C. Gramática do português contemporâneo. Edição de bolso. Rio de Janeiro: Lexicon: Porto Alegre: L&PM, 2008.Organização de Cilene da Cunha Pereira.

2. Livro de conjugação de verbos

  • RYAN, M. A. F. C. Conjugação dos verbos em português. Prático e eficiente. 8. ed., São Paulo: Ática, 1991, 176 p.

3. Dicionário monolíngue

  • HOUAISS, Antonio. Míni dicionário Houaiss da língua portuguesa. Rio de Janeiro: Objetiva, 2001

Versão on-line: http://www.dicio.com.br/houaiss/

 

Conteúdo:

1. Habilidades comunicativas

  • Apresentar; cumprimentar; agradecer; desculpar-se; fazer solicitação.
  • Descrever pessoas, animais, espaço doméstico e hábitos.
  • Comunicar-se por telefone e por e-mail.
  • Narrar fatos do cotidiano.
  • Formular desejo e ordem.
  • Reproduzir o discurso de outras pessoas.
  • Comparar fatos e situações.

2. Estruturas lexicais

  • Relações familiares; atividades profissionais e de lazer; nacionalidades.
  • Constituição física de pessoas e animais; vestuário; estados de espírito.
  • Divisão interna de ambiente doméstico; alimentos; produtos de higiene e limpeza.
  • Constituição do mundo lusófono.
  • Traçado urbano e equipamentos culturais na cidade de São Paulo.
  • Carreira e atividades acadêmicas.
  • Regiões e naturalidades brasileiras.
  • Lazer e cultura.
  • Unidades da USP e traçado da Cidade Universitária.

3. Estruturas fonético-fonológicas

  • Vogais e consoantes do português, e sua representação gráfica.
  • Entoação das frases declarativa, interrogativa.
  • Pronúncia do português em regiões do Brasil.

4. Estruturas morfossintáticas

  • Flexão e uso de formas verbais para expressão fatos no presente (presente do indicativo, verbo estar + gerúndio e pretérito perfeito composto do indicativo).
  • Flexão e uso de formas verbais para expressão de fatos no passado (pretérito perfeito simples, pretérito imperfeito e pretérito mais-que-perfeito composto do indicativo, verbo estar + gerúndio).
  • Flexão e uso de formas verbais para expressão do futuro (ir + infinitivo).
  • Flexão e uso de substantivos, adjetivos; artigos, numerais; pronomes demonstrativos, indefinidos, pessoais e possessivos.
  • Prefixação e sufixação, comparação e grau em substantivos, adjetivos e advérbios.
  • Uso de advérbios, locuções adverbiais e locuções adjetivas.
  • Uso de preposições e de conectivos coordenativos introdutórios das orações aditiva e alternativa.
  • Flexão e uso de formas verbais para expressão do desejo, pedido e ordem no presente (presente do subjuntivo) e passado (pretérito perfeito do subjuntivo).
  • Uso dos conectivos coordenativos na oração adversativa, explicativa e conclusiva.
  • Uso dos conectivos introdutórios da oração substantiva (conjunções integrantes; pronomes e advérbios interrogativos).
  • Uso dos conectivos subordinativos introdutórios da oração adjetiva (pronomes e advérbios relativos).
  • Uso dos conectivos subordinativos introdutórios das orações adverbiais comparativas e temporais.
  • Uso da voz passiva analítica.