Japonês IV - Fuyu

Japonês IV - Fuyu

JAPONÊS IV-FUYU

Apresentação do Curso

Neste último nível do Ciclo Básico de Japonês, continuamos apresentando estruturas gramaticais através dos hábitos japoneses, como o modo de se portar numa entrevista e seu linguajar, as festividades de final de ano, entre outros. Com isso, abarca-se uma boa parte do conteúdo de N4-JLPT.


Ministrante(s)

Liliana Yurie Masuda Oda

Público- alvo

Comunidade USP: alunos de gradução e pós-graduação, funcionários e docentes, com conhecimento do conteúdo dos níveis anteriores.

Carga horária

39h

Modalidade

presencial

Objetivos Gerais

- Desenvolver e aperfeiçoar habilidades de compreensão e expressão orais e escritas relativas a usuário nos estudos finais do Ciclo Básico de língua japonesa, com foco em aspectos linguístico-
comunicativos, a fim de que o aluno possa interagir em situações informais e formais em contextos universitários e cotidianos.
- Desenvolver e aperfeiçoar a autonomia dos alunos em relação ao seu processo de aprendizagem do idioma.

Objetivos Específicos

- Trabalhar com as quatro habilidades linguísticas (falar, ouvir, ler e escrever) da língua japonesa;
- Expressar-se oralmente e por escrito acerca de fatos cotidianos e próximos ao aluno com mais detalhes;
- Aprender a inferir o significado de alguns vocábulos e apreender ideias gerais em exercícios auditivos;
- Familiarizar-se com os pontos culturais, que neste estágio aparece como etiqueta em uma visita, comportamento em uma entrevista e linguagem honorífica;
- Interagir de maneira simples com nativos desde que estes falem
pausadamente, de maneira clara e que estejam dispostos a ajudar.

Justificativa

Oferecer oportunidade de aprendizagem da língua japonesa à comunidade USP para que possa comunicar-se, de forma básica, no Japão, e ainda almejar estudos no Japão.

Conteúdo Programático Neste último estágio do Ciclo Básico, o aluno aprenderá a:


● Falar de sua família e de outros com riqueza de detalhes;
● Expressar agradecimento;
● Compreender e comportar-se de acordo com as regras de
etiqueta de uma visita à casa de um nativo;
● Falar ao telefone ou com outros, de modo polido, usando a
linguagem honorífica;
● Comportar-se em uma entrevista;
● Falar o que consegue ou passou a conseguir fazer;
● Falar de seus arrependimentos e expressar desculpas;
● Falar de impressões e aparências;
● Enumerar razões;
● Expressar incômodos (prejuízos sofridos), frustrações e
decepções;
● Escrever mais uns 100 kanji (escrita logográfica).

Metodologia

A oralidade só é apreendida se houver muito esforço de repetição, e é por meio dela, juntamente com o aumento gradativo do vocabulário e das estruturas gramaticais, que os alunos poderão compreender o cotidiano e o pensamento japonês.
Por meio de uma abordagem comunicativa e audiovisual, o professor evita ao máximo traduzir as palavras, deixando a cargo dos alunos para fazerem a inferência e tirarem suas próprias conclusões quanto ao significado das palavras. Com isso, apresenta-se o vocabulário e as estruturas gramaticais por meio de slides e muita repetição.

Avaliação

Provas escritas, orais e de áudio e mini-testes de logogramas e
participação nas atividades comunicativo-orais.

Critérios para aprovação

Média 7,0 (sete)

Frequência mínima

75%

Oferecimento

De 12/ago a 18/nov/2019, às segundas e quartas, das 15h às
16h30

Número de vagas por turma
18

Pré-Requisitos

- Ser aprovado no Japonês III-AKI; ou
- Ser aprovado no teste de nível para comprovar o conhecimento dos níveis básicos anteriores, como fazer um convite e recusar, pedir permissão, conseguir falar e escrever sobre um tema e dar uma opinião, bem como ter conhecimento de cerca de 300 Kanji.

Bibliografia

Apostila elaborada pela educadora e monitores

Bibliografia Complementar

- Integrated Course In Elementary Japanese – Genki II (Main Text).
Tóquio: The Japan Times, 1999.
- Integrated Course In Elementary Japanese – Genki II:
Wâkubukku (caderno de exercícios). Tóquio: The Japan Times,
1999.

- Kurasu Katsudoushû 101 (caderno de atividades). Tokyo: 3A Corporation,

1994.
- Minna no Nihongo: Bunkei renshûchô II (caderno de exercícios).
Tóquio: 3A Corporation, 2000.
- Minna no Nihongo: Renshû mondaishû II (caderno de exercícios).
Tokyo: 3A Corporation, 1999.
- Minna no Nihongo Shokyû II (livro-texto). Tokyo: 3A Corporation,
2000.
- Minna no Nihongo II – Chôkai Tasuku 25. Tóquio: 3A
Corporation, 2005.
“Nihongo Nouryoku Shiken” Taisaku. Nihongo Charenji N5-N4
(Kanji). Tóquio: ASK Publishing, 2010.
- “Nihongo Nouryoku Shiken” Taisaku. Nihongo Charenji N5-N4
(Kotoba). Tóquio: ASK Publishing, 2010.
- Nihongo Shokyû 2. Daichi (Main Text). Tóquio: 3A Corporation,
2008.
- Nihongo Shokyû 2. Daichi (Translation of the Main Text and
Grammar Notes). Tóquio: 3A Corporation, 2009.
- Nihongo Shokyû 2. Daichi (Kiso Mondaishû). Tóquio: 3A
Corporation, 2009.

Informação Relevante

Por ser o último nível do Ciclo Básico, espera-se um
desenvolvimento da prática comunicativo-oral adquirida ao longo
dos três estágios anteriores. Assim, o uso do idioma em sala
deverá ser mais constante por parte do aluno.